São Micael


"Se em nosso meio agora se fala daquela Festa de Micael que deverá associar-se às festas da Páscoa, de Natal e de São João, isto não deve ser compreendido de tal forma que se celebre aqui ou ali uma solenidade de maneira superficial, mas trata-se de sabermos que só podemos realizar uma festa assim, se soubermos ligá-la a algo significativo. A festa de Natal não se efetivou simplesmente a partir de uma decisão voluntária conveniente, mas sim por estar ligada ao nascimento de Jesus Cristo; a Páscoa ligou-se ao Mistério do Gólgota: são datas muito significativas na vida histórica da humanidade. A festa de Micael deve ligar-se a uma vivência interna do homem, muito grande e básica, àquela força que conclama o homem a desenvolver sua consciência, de uma consciência natural para uma consciência de si através da força dos seus pensamentos, através da força do seu querer..."

Rudolf Steiner


Gincana de Micael


Esforço interno para aquisição de uma consciência clara, pura, repleta de coragem e altos ideais...


Educação dos seus pensamentos, dos seus sentimentos e da sua vontade...



É um caminho árduo, dolorido e intenso...



Porém profundamente compensador...



O desabrochar da Vontade...



Confiança em si próprio...



Crescimento sadio em direção a uma maturidade consciente e livre...



"Artistas da vida..."




Viver a vida com plenitude em toda a sua trajetória...




Buscando a força que nos centra...




Florescerá na sua alma as flores da primavera.



Nenhum comentário: